terça-feira, 30 de junho de 2015

Pezitos no olhar

A promoção da rádio era a seguinte: a melhor resposta à pergunta "Você acredita que o amor não tem idade? Por que?" ganharia ingressos para assistir à peça 'Elza e Fred'. Eu gostei muito de assistir ao filme sobre a história desse casal improvável e, sem dúvida, gostaria de assistir à versão teatral brasileira. Mas além de querer ganhar os ingressos, a proposta de refletir nesse sentimento, AMOR, me fez muito bem hoje. Será que eu serei a Elza de alguém? Ou meu perfil está mais para Fred? Só o tempo dirá...
(Para combinar com a minha resposta)

"Acredito que para amar não tem idade. Estar apaixonada é ter a sensação de que o tempo pára quando estou ao lado de quem amo. Mas quando esse alguém vai embora, o relógio, contador preciso do tempo, não me deixa enganar: envelheci."

Envelhecer vai além de ganhar esses 'pezitos no olhar'. Começa por conhecer, envereda por amar e culmina com amadurecer.

E como sou a única a ler esse blog, permito-me escolher a trilha sem levar os outros em consideração: 

'Que maravilha viver.' Simone